Perguntas frequentes sobre o Mercado Livre de Energia

É um ambiente de negociação de energia elétrica em que as empresas podem comprar energia diretamente de geradores ou comercializadores de energia, a preços e condições contratuais livremente negociados, pagando à distribuidora local apenas o custo com o transporte da energia.

Mercado Cativo (ACR)
No Mercado Cativo, o consumidor só pode comprar energia elétrica de uma concessionária ou de uma permissionária que tem concessão para fazer o serviço de distribuição.
Neste caso, não há possibilidade de negociar preço, ficando sujeito às tarifas de fornecimento estabelecidas pela ANEEL.

Mercado Livre (ACL)
No Mercado Livre o consumidor pode negociar livremente as condições comerciais de contratação da sua energia, com possibilidade de escolher preço, prazo e indexação. Além disso, ela tem tem flexibilidade quanto ao montante de consumo.

Em breve todos os consumidores poderão migrar para o Mercado Livre de Energia, mas por ora, apenas aqueles que possuem demanda contratada de, pelo menos 500kW, em uma unidade, ou em um conjunto de unidades (matrizes e filiais), podem realizar a mudança.

1. REDUÇÃO DE CUSTOS: Compra de energia a um preço mais acessível e possibilidade de eliminar o uso de geradores no horário de ponta. Os consumidores que participam do mercado livre auferem economia média de 25% em relação ao mercado regulado.

2. LIBERDADE DE ESCOLHA: Escolha do fornecedor de energia elétrica que atenda às suas necessidades de consumo de energia elétrica.

3. FLEXIBILIDADE: Negociação de todas as condições de contratação de energia com o fornecedor escolhido, tais como preço, volume, prazo, fonte de geração, forma de reajuste e flexibilidades contratuais, entre outros aspectos.

4. COMPETITIVIDADE: A constante concorrência para atender aos consumidores do mercado torna o Mercado Livre mais competitivo, reduzindo preços e promovendo aumento da eficiência. Ao comprar mais barato e melhor os consumidores livres e especiais tornam-se mais competitivos em seus respectivos ramos de atividade.

5. PREVISIBILIDADE ORÇAMENTARIA: Saiba exatamente quanto pagar pela sua energia. Uma vez firmado o contrato é possível prever os custos de energia elétrica para os anos seguintes. Os riscos associados a mudanças repentinas de tarifas de energia não se aplicam aos consumidores do mercado livre, pois os preços estão previamente definidos no horizonte do contrato.

O custo varia de acordo com as unidades da empresa que vão migrar para o Mercado Livre, em média, 15 mil reais, com o Payback variando entre 1 e 3 meses.

Os custos são com: a Taxa de Adesão à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e a Adequação do Sistema de Medição para Faturamento.

Ambos podem ser boas escolhas para o seu negócio, porém essa decisão precisa ser comparada através de análises de investimento, retorno e riscos. De forma geral, as unidades que estão no Grupo B e que não podem migrar para o Mercado Livre são as mais recomendadas para projetos de Energia Fotovoltaica, e as unidades do Grupo A costumam ter mais viabilidade no Mercado Livre.

    Selecione a fatura

    Saiba quanto
    sua empresa
    pode economizar!

    Envie sua última fatura e descubra.

    Saiba tudo sobre o
    Mercado Livre de Energia
    Assine nossa newsletter.